Busca rápida    

TDK D-90

Fita cassete de 90 minutos tamanho padrão

R$ 35,00
 

As constantes melhorias na qualidade de som fizeram com que o cassete suplantasse a gravação da fita de rolo na maioria de seus usos domésticos e profissionais. 

Suas aplicações estenderam-se desde o áudio portátil de gravação caseira até à armazenagem de dados para computadores. Entre a década de 1970 e os meados da década de 1990, o cassete era um dos dois formatos mais comuns para a música pré-gravada, junto aos LPs e, mais adiante, ao CD.

O cassete, dependendo do comprimento da fita, permite diversas durações de gravação. Precisamente, o nome da fita já indica a duração da mesma, como C-60 (60 minutos, 30 para cada lado). Quanto maior o comprimento, mais fina é a fita, a fim de que ocupem o mesmo espaço do cartucho que as de menor comprimento. 

CUIDADOS COM A FITA CASSETE: 

  • Não exponha a fita a poeira e umidade.
  • Não exponha a fita a temperaturas extremas (ambientes muito quentes ou muito frios).
  • Mantenha a fita afastada de geradores de campos magnéticos, como ímãs, altofalantes, televisores, etc.
  • Quando a fita não estiver em uso, conserve-a dentro da capa plástica.
  • Para evitar desgravações acidentais, quebre as linguetas de gravação. Caso queira apagar uma fita com linguetas já quebradas,basta cobrir as aberturas deixadas pelas mesmas.

Seguindo estes cuidados, a durabilidade da fita cassete pode ser de 40 anos ou mais.

 

  • Dados técnicos
 
Av. Professor Mário Werneck, 2900 - Sala 208 / Shopping Buritis - Belo Horizonte - MG / CEP 30.575-180     Fale com Puyu: 31-3542.2812